Tradutor do Blog

domingo, 22 de abril de 2012

BLINDADO COM ESCUDO



Pleiteia, SENHOR, com aqueles que pleiteiam comigo; peleja contra os que pelejam contra mim.
Pega do escudo e da rodela e levanta-te em minha ajuda.
Tira da lança e obstrui o caminho aos que me perseguem; dize à minha alma: Eu sou a tua salvação.

                                                                                                                      SALMO: 35.1-3

     Essa foi a oração de Davi em um tempo de profunda angústia. Ele achava-se rodeado por inimigos que o perseguiam e não via como afastar-se deles.
     O salmista havia esgotado sua força e seus recursos. Por isso, clamou ao Senhor, dizendo: "Lute comigo contra os meus inimigos. Interpõe-Te entre eles e mim." Davi entendia que precisava mais do que armas - precisava de Deus em pessoa para defendê-lo.

     A oração de Davi foi respondida no momento e do jeito certos. Ou seja, ele teve sua necessidade suprida. Mas não só isso. A resposta final e conclusiva à oração de Davi veio mil anos depois, com o nascimento de seu maior descendente Jesus Cristo.

     Na cruz, Jesus fez o que Davi havia pedido que Deus fizesse. Jesus interpôs- Se contra todos os inimigos de nossa alma. Por sua morte expiatória, Ele silenciou todas as acusações de Satanás e limitou  a ação dele, criando uma fronteira que ele não pode ultrapassar.

     Se você estiver como Davi, assediado pelos inimigos de sua alma, fortes ou astutos demais pra você, tome para si a resposta à oração de Davi.Refugie-se na cruz de Jesus e ouça - O dizer à sua alma. " Eu sou a sua Salvação".



     RESPOSTA DE FÉ




Senhor Jesus, pela fé, vejo -Te agora, crucificado, bloqueando o caminho contra todos os inimigos da minha alma.


" Texto copiado do livro de Derek Prince * Percorrendo os Salmos (Graça Editorial)."